ConturbCast – Thiago Bañares – Podcast ep. 09

ConturbCast – Thiago Bañares – Podcast ep. 09

Crédito: Conteúdo Urbano

Pronto para empreender?

Pois é. Nosso convidado do 9º episódio do ConturbCast achou que estivesse preparado quando abriu o próprio restaurante. Só que não! Por mais romântico que pareça, montar um negócio requer conhecimento em gestão financeira, de pessoas, de estoque
e por aí vai.

Thiago Bañares, 36 anos, contou ao ConturbTrends que só no dia a dia do restaurante foi aprendendo a lidar com tudo o que envolve uma empresa. Afinal, um restaurante é, de fato, uma empresa. Por isso, pare tudo e ouça nosso podcast. A história desse chef pode esclarecer muita coisa sobre empreendedorismo de verdade.

Crédito: Conteúdo Urbano

Herança de família

Descendente de chineses, o avô do Thiago foi cozinheiro do exército. Além disso, o pai, os tios e os primos do chef também dão show na cozinha. Sem contar sua mãe que, segundo ele, faz uma rabada e uma dobradinha de dar água na boca!

Mas, nem por um segundo, pense que essa tradição familiar facilitou a vida do Thiago. Para chegar onde está, ele ralou muito. Sim. Porque como você sabe, não existe almoço de graça, não é?

Tudo tem um começo

É. Nós já falamos sobre isso aqui no ConturbTrends. Ninguém começa do topo. Por isso, vale à pena ouvir o que o Thiago tem a dizer. Antes de fazer faculdade de gastronomia, ele trabalhava no departamento financeiro de uma distribuidora de produtos orientais. Consequentemente, começou a aprender sobre gestão financeira.

Nessa época, ele já se inspirava em dois chefs renomados: Alex Atala e Flávia Quaresma. Os dois tinham um programa de TV que faziam a cabeça de Thiago. Ele chegava do trabalho, no final do dia, para acompanhar os episódios.

Saindo da zona de conforto

Quando queremos muito alguma coisa, o Universo acaba conspirando a nosso favor. Quem concorda? O fato é que o aspirante à chef começou a faculdade de gastronomia e, de repente, surgiu a oportunidade de participar de um concurso da revista
Prazeres da Mesa.

Thiago ficou em segundo lugar, mas recebeu um convite da chef Fabiana Cesana para trabalhar em seu restaurante, o extinto Sofia Bistrô. Bem, aí você pensa: “O cara já começou dentro de um restaurante.” Sim. Mas olha só a decisão que ele teve que tomar: na distribuidora, ele ganhava um salário de R$ 5.000. No Sofia Bistrô, ia receber R$ 780 por mês.

Decisão complicada. Para ele, não. Thiago encarou como uma grande oportunidade. E você acha que tudo mudou para melhor? No quesito finanças, as coisas só pioraram. Depois de sua passagem pelo restaurante de Fabiana, realizou um sonho: trabalhar no D.O.M ao lado de Alex Atala. Só que lá, ele seria estagiário e não receberia um centavo sequer pelos serviços prestados.

Foco e persistência

É! A grama do vizinho sempre parece mais verde. A história de Thiago prova que não. Ele começou na confeitaria e concorria com mais 40 estagiários no restaurante todo. Pensa que o chef desanimou? Ao contrário, para ele, foi um aprendizado enorme, daqueles que a gente carrega para a vida.

Ao invés de reclamar e se fazer de vítima diante das dificuldades que enfrentava todos os dias, Thiago só pensava em ser o melhor e se destacar para alcançar uma boa
posição ali.

Seu esforço foi reconhecido. Ele conseguiu um emprego fixo no D.O.M e ficou por lá durante três anos. Em 2009, saiu para comandar o restaurante paulistano Arturito, ao lado da chef Paola Carossela. Depois, foi cuidar da expansão da Z Deli Sandwiches e, em 2015, abriu o Tan Tan Noodle, uma das casas mais descoladas da cidade de São Paulo.

E aí, vai encarar o aprendizado desta semana? Se eu fosse você, corria lá para ouvir o que o Thiago tem a dizer. Às vezes, só precisamos conhecer os desafios de outras pessoas para reconhecer que eles existem para todo mundo e podem, sim, ser superados e virarem aprendizado para quem deseja colocar as ideias mais malucas em prática.

Depois, não esquece de contar quais insights do Thiago ajudaram você a virar a “chavinha”.

Até a semana que vem!

Quer saber mais?

@conturbtrends
@tbanares
@tantannb

O que você achou do nosso bate-papo com o Thiago?

Conta para a gente nos comentários abaixo.

 

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 1