Fender e Leica se juntam em uma edição especial

Fender e Leica se juntam em uma edição especial

Crédito: Fender

A Fender, uma das maiores fabricantes de guitarra – queridinha de muitos roqueiros -, e a Leica, marca tradicional de máquinas fotográficas, se juntaram para uma edição especial com Andy Summers, guitarrista da banda The Police.

Além de mandar muito bem na guitarra, Summers também é fotógrafo. E a ideia dessa colaboração é mostrar suas duas paixões por meio de seus melhores trabalhos fotográficos. Assim, a máquina fotográfica e a guitarra ganharam estampas de fotos em preto e branco como decoração.

Câmera. Edição limitada, superexclusiva

Isso mesmo. Serão vendidas apenas 50 unidades no mundo todo. Por isso, colecionadores de plantão, preparem-se para correr. E a câmera é linda mesmo! Retrô, a máquina vem no modelo M Monochrom “Signature”, encapada com colagem de fotos em preto e branco de Summers, impressas em couro sintético.

A câmera é preta, com botões e mostradores prateados. A parte superior do corpo é autografada pelo guitarrista, em vermelho. A lente é ASICA Leica Summicron-M f / 2 de 35 mm equipada com um para-sol vintage, uma pulseira de couro preta inspirada na alça das guitarras e uma bolsa de couro preta Oberweth com a costura em vermelho.

A guitarra

A Stratocaster Monocromática Andy Summers foi construída pelo mestre construtor da marca, Dennis Galuszka. Igualmente à câmera, o corpo do instrumento é decorado com as fotografias monocromáticas de Summers, tiradas com sua coleção de câmeras Leica M. O pescoço da peça é feito de bordo serrilhado, com perfil “63 C”, 21 trastes médios vintage e uma porca de osso. Para dar um toque especial, o 15º traste foi substituído por um incremento com pontos vermelhos contidos na câmera fotográfica.

Objetos de desejo

E aí, curtiu as peças? A Leica M Monochrom “Signature” já está disponível no site da Leica  e custa US$ 15 mil. Já a Fender Andy Summers Monochrome Strat está disponível em revendedores selecionados da marca. Acesse o site da Fender para obter mais informações.

The Police

Para quem não conhece, a banda inglesa de rock The Police foi formada pelo baixista e vocalista Sting, o guitarrista Andy Summers e o baterista Stewart Copeland, em Londres, entre 1976 e 1977.

As influências musicais dos “meninos” sempre foram reggae, punk e jazz. A banda é considerada uma das melhores da categoria na história do rock. Entre seus grandes sucessos estão “Roxanne”, “Every Breath You Take”, “Message In A Bottle”, “Every Little Thing She Does Is Magic” e “So Lonely”.

Conheça aqui a discografia da banda:

Outlandos d’Amour (1978)

Reggatta de Blanc (1979)

Zenyattà Mondatta (1980)

Ghost in the Machine (1981)

Synchronicity (1983)

Every Breath You Take: The Singles (1986)

Live! (1995)

Greatest Hits (1996)

The Police (2007)

Certifiable: Live in Buenos Aires (2008)

Fender

A marca é a maior fabricante de guitarras, baixos e equipamentos do mundo. Fundada em 1946, a Fender têm transformado a vida de músicos do rock, country, jazz, blues e muitos outros estilos. Peças, como as guitarras Stratocaster e Telecaster e os baixos Precision e Jazz Bass já viraram lenda no mundo da música. Diz aí, que adolescente não desejou uma guitarra ou um baixo desses?

História antiga

No sul da Califórnia dos anos 40, o inventor Leo Fender descobriu que como aprimorar instrumentos de corpo oco com um design de corpo sólido de guitarra elétrica. Assim, resolveu fabricá-los em série.

Em 1951, Leo criou a famosa Telecaster, primeira guitarra de estilo espanhol de corpo sólido a ser produzida em massa. No mesmo ano, ele revolucionou o mercado com o baixo Precision Bass. Tocado da mesma forma que uma guitarra e com trastes, podia ser tocado “com precisão” (daí o nome) e ser amplificado.

Já a primeira versão da Stratocaster foi desenvolvida em 1954, incorporando inovações de design baseadas nos feedbacks de músicos profissionais, do time da Fender e do próprio Leo.

Ente os artistas famosos que usam guitarras e baixos da Fender estão Jimi Hendrix, Keith Richards (Rolling Stones), Eric Clapton, Buddy Guy, Chris Shiflett (Foo Fighters), Geddy Lee (Rush), Pete Townshend (The Who), e muitos outros.

Leica – marca centenária

Tudo começou com o alemão Oskar Barnak. Ele era especialista em microscopia, técnico em óptica e mecânica e trabalhava na Leitz Wetzlar, fábrica de microscópios, câmeras e lentes. Por não conseguir carregar grandes equipamentos devido à sua saúde frágil, em 1912, ele começou a desenvolver uma câmera mais leve. Assim, aproveitando o filme 35 mm utilizado pela indústria cinematográfica, Barnak lançou, em 1914, um protótipo. A Ur-Leica foi a primeira câmera portátil do mundo.

Sem saber, Oskar tinha começado uma revolução no mundo da fotografia. Ao mesmo, a primeira guerra mundial tinha começado. Então, seu projeto teve que ser adiado. Porém, por ser uma coisa muito inovadora, em 1920, ele retomou a empreitada. Agora, com a ajuda do professor Max Berek que desenhou a 50 mm com abertura máxima de f/3.5, a Anastigmat, Barak conseguiu emplacar sua criação.

Assim, em 1924, Oskar mostrou o projeto para Ernst Leitz II, dono da Leitz Wetzlar. A partir daí, as câmeras Leica começaram a surgir no mercado, produzidas em série.

 

Crédito: Fender /text]

Quer saber mais? Clica nestes links:
www.fender.com
www.fender.com.br
www.leica.com
www.hypebeast.com
www.spotify.com/thepolice

Quais são os seus objetos de desejo?
Conta para a gente nos comentários aqui embaixo.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0