Museu do Louvre em Abu Dhabi – Uma viagem para os Emirados Árabes

Museu do Louvre em Abu Dhabi – Uma viagem para os Emirados Árabes

Crédito: EarthCam

Isso mesmo. Há quase dois anos, em 2017, esse museu foi inaugurado. E como isso aconteceu? Calma. Eu explico. Por meio de um acordo firmado em 2007 entre França e os Emirados Árabes – com 30 anos de vigência –, a marca Louvre vai ser explorada no Oriente Médio, bem como a organização de exposições atemporais.

Apesar de ser a mesma marca do tradicional museu francês, em Abu Dhabi, a construção é muito moderna e fica em uma ilha, a Saadiyat Island – Ilha da Felicidade. Nesse lugar “feliz” você encontra também o Museu Nacional, projetado por Norman Foster, o Guggenheim, de Frank Gehry, uma galeria da New York University.

Você precisa saber que:

– Um túnel subterrâneo de 1km de extensão interliga aos museus do chamado Distrito Cultural.
–  Convidados VIP podem chegar à ilha de barco. Os meros mortais, de carro mesmo!

–  O domo do prédio, conhecido como “Chuva de Luz”, tem o peso da Torre Eiffel, em Paris, ou seja, 7.500 toneladas.

 O diâmetro da base do domo é de 180m e proporciona bastante sombra para os visitantes se protegerem do calor do deserto.

 Para dar a ideia de que está flutuando, o domo está apoiado em quatro píeres. Eles ficam a 110m de distância um do outro e ficam escondidos no prédio principal do museu.

 O domo é feito de ferro e composto por 7.850 estrelas em tamanhos e ângulos diferentes que projetam uma linda sombra sobre o chão.

 Gigante, o museu está em 55 edifícios separados. 23 deles são dedicados a galerias e foram inspirados em construções da região.

– O projeto custou US$ 705 milhões.

 Para explorar a marca Louvre, o governo dos Emirados Árabes pagou US$ 525 milhões pelos próximos 30 anos.

– A história da humanidade é contada em 12 capítulos pelas galerias do museu.

–  O Louvre de Abu Dhabi vai recebe quatro exposições temporárias por ano. Elas vêm de colaborações com o Louvre de Paris e de outros 13 museus da França, como o Centre Georges Pompidou, o Musée d’Orsay e Versailles.

 Quem for ao Louvre de Abu Dhabi vai ver peças, como a “La Belle Ferronnière”, de Leonardo da Vinci, “Napoleão Atravessando os Alpes”, de Jacques-Louis David e “Fonte de Luz”, uma estátua de cristal de Ai Weiwei.

 Apesar da rigidez das leis sobre locais não-islâmicos nos Emirados Árabes, o museu exibe exemplares medievais do Alcorão, da Bíblia e da Torá.

A área total do museu é de 8.600 m2.

Projeto de respeito

Primeiramente, por ser uma construção supermoderna, inspirada, obviamente, no mundo árabe, você pode considerar que o projeto tenha sido criado por um arquiteto do Oriente Médio.

Não. O responsável pelo desenho do Louvre de Abu Dhabi é o premiado arquiteto francês Jean Nouvel. Porém, para cuidar da obra, em sua ausência, ele escalou uma ex-aluna, a arquiteta libanesa Hala Wardé.

 

Obras espalhadas pelo mundo

Para quem não conhece, Jean Nouvel é autor de projetos, como o Instituto do Mundo Árabe, em Paris, a Torre Agbar, em Barcelona, e a Torre Rosewood, em São Paulo, que deve ser inaugurada em 2020.

Por conta dessas obras, podemos dizer que o francês é um arquiteto de “grife”. Assim, com esse currículo estrelado, ele começou a esboçar o projeto em 2006. Então, em 2017 o mundo ganhou mais uma obra-prima da arquitetura.

 

Vai viajar de férias?

Se você não tinha intenção de colocar os Emirados Árabes na sua lista de lugares desejados, pode começar a pensar nessa possibilidade. Isso porque, como falamos no começo da matéria, não é só o Louvre que você vai visitar. Existem muitas outras opções para aproveitar. A cultura dessa região é extremamente rica. Afinal, foi o berço da humanidade.

Assista ao vídeo e conheça por dentro do museu:

Crédito: Business Insider

Assista ao vídeo que resume os 8 anos de construção em 3 minutos:

Crédito: Earth Cam

Veja algumas fotos incríveis do museu do Louvre em Abu Dhabi:

Quer saber mais? Clica nestes links:

www.louvreabudhabi.ae
www.br.rfi.fr
www1.folha.uol.com.br

Vai visitar Abu Dhabi?

Conta para a gente nos comentários aqui embaixo.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0