Por um mundo mais sustentável

Por um mundo mais sustentável

Crédito: acervo pessoal

Que estudante nunca duvidou do caminho que estava trilhando no final da faculdade? Nessa época, Viviane Noda, 28 anos, e seu companheiro Guto Zorello, da mesma idade, começaram a questionar o próprio caminho e os rumos que as causas socioambientais estavam tomando no Brasil.

Vivi e Guto começaram a visitar espaços dedicados ao tema, em São Paulo, e decidiram que era hora de desbravar o Brasil e buscar pessoas envolvidas com o meio ambiente.

“Em dezembro de 2015, saímos da capital paulista com a Fiorinão-Casa e seguimos rumo ao sul do estado. Logo na primeira semana, conhecemos o médico Alberto Gonzalez, que escreveu ‘Lugar de médico é na cozinha’”, conta.

Por meio dele, conheceram a COOPERAFLORESTA, um espaço onde famílias praticam agrofloresta há décadas e, assim, recuperam o solo, a autoconfiança, a diversidade de renda, a fauna e a flora.

Vivi revela que a viagem e todas as experiências que os dois viveram definem o que eles são hoje, pessoal e profissionalmente. “Aprendemos a filmar, editar, escrever e a mexer nas redes sociais na raça. No fim, descobrimos nossos propósitos de vida”, afirma.

Assim, desse período sabático nasceu a Por que Não? Org – um canal de divulgação de iniciativas para um sociedade mais inteligente e integrada, e os “porquenistas”, como Vivi e Guto chamam seus seguidores e os membros de sua equipe.

 

Quer saber mais? Clica nestes links:
www.porquenao.org
www.instagram.com
www.facebook.com
www.instagram.com
www.youtube.com
www.conturbtrends.com

Gostou dessa história? Então, conheça Nana Bulgareli. Ela também mudou o rumo da vida durante um período sabático.

O que você mudaria na sua vida depois de um período sabático?
Conta para a gente nos comentários aqui embaixo.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 1