Própolis brasileiro: antioxidante e antibacteriano natural

Própolis brasileiro: antioxidante e antibacteriano natural

Crédito: Jornal do Estado do Rio

Própolis: antioxidante e antibacteriano natural
É só o inverno chegar, que mães e avós “receitam” própolis para acabar de vez com a chance daquela dor de garganta insuportável se instalar.

E não é de hoje que o própolis é consumido. Egípcios, gregos, romanos e até os incas já usavam a substância. Hoje, encontramos nas mais diversas formas, como cápsulas, balas, pó, tintura de própolis (diluído em água ou álcool, para suavizar o sabor) e também como extrato (versão mais concentrada).

In natura, o própolis tem consistência resinosa proveniente da colheita das resinas da flora e alteradas pela saliva das abelhas. Sua cor, aroma e o sabor podem variar de acordo com a região em que é produzida.

Sua composição é de, aproximadamente, de 55% de resinas vegetais, 30% cera de abelha, de 8 a 10% de óleos essenciais e 5% de pólen.

Mas, na prática, quais os benefícios que ele traz para nós? Segundo pesquisadores, o própolis possui diversas propriedades terepêuticas e biológicas.

Estudos recentes, realizados por farmacêuticos da Unicamp, em Campinas, em parceria com pesquisadores da ESALC, em Piracicaba, avaliaram os poderes antioxidantes e antibacterianos do própolis brasileiro.

Entre os principais benefícios da substância estão:

– combate a amidalites;

– proteção dos dentes;

– fortalecimento da imunidade;

– prevenção da acne.

Cientistas da USP descobriram também que o própolis pode ajudar em tratamentos de doenças renais e até contra o envelhecimento.

Mas nem pense em sair tomando ou espirrando própolis na garganta assim, como quem não quer nada. O departamento de engenharia de alimentos da Universidade Federal de São Carlos recomenda a compra de produtos certificados – principalmente extratos e sprays –, com selos de agências regulatórias.

Além disso, pede atenção para as fórmulas com álcool. Nem todos podem consumir dessa forma.

Crédito: Bem-estar, Rede Globo

Quer saber mais? Clica nestes links:
www.saude.abril.com.br
www.ecycle.com.br
www.jornaldoestadodorio.com.br

Reportagem: Cadu Borsetti, Conteúdo Urbano.

Quais produtos naturais você inclui no dia a dia?
Conta para a gente nos comentários aqui embaixo.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0